Preso foge da carceragem de CISP e é recapturado horas depois em Delmiro Gouveia

O inusitado é que o suspeito guardou o cadeado da sela para devolver ao delegado

Cícero foi recapturado próximo a casa da namorada - Foto: Reprodução

Cícero foi recapturado próximo a casa da namorada - Foto: Reprodução

Uma cena de fuga surpreendeu as autoridades do Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) de Delmiro Gouveia nessa quinta-feira (4). Clécio Alves de Almeida, de 44 anos, conseguiu fugir da carceragem após ser preso por furto de fios elétricos.

Segundo relatos do delegado regional, Rodrigo Rocha Cavalcanti, titular da 1ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), a fuga ocorreu por volta das 5 horas da manhã, durante uma inspeção de rotina realizada pelos agentes policiais de plantão. Surpreendentemente, Almeida conseguiu abrir o cadeado de sua cela, acessar o corredor e utilizar uma cadeira para alcançar uma janela de vidro. Dali, ele pulou o muro e teve acesso à rua.

O delegado Cavalcanti explicou que os policiais de plantão não ouviram qualquer barulho devido à distância entre suas instalações e as celas. A partir desse momento, uma intensa operação de busca foi iniciada, com o próprio delegado liderando a equipe. Descobriu-se que o fugitivo havia tomado uma van em direção a Água Branca, porém, ao perceber que não estava na cidade de Delmiro, retornou. Ele foi encontrado próximo à casa de sua companheira, no bairro Desvio.

Ainda segundo o delegado, o suspeito não resistiu a recaptura e, com ele, foi encontrado o cadeado da cela de onde ele havia escapado. Cícero afirmou que guardou o objeto para devolvê-lo depois.

O rapaz aparentemente sofre de problemas psiquiátricos, informação comprovada através de documentos encaminhados à delegacia após sua recaptura. Ele e sua esposa são pacientes do Centro de Atenção Psicossocial de Delmiro Gouveia, e Cícero Almeida chegou a ser internado em clínicas psiquiátricas em outras cidades também.

Diante desse quadro, o delegado determinou a abertura de um inquérito para investigar as circunstâncias da fuga. Almeida foi reconduzido às carceragens do Cisp e aguarda uma audiência de custódia, originalmente marcada para esta sexta-feira (5), mas adiada devido à fuga. O delegado acredita que o preso seja internado compulsoriamente, levando em consideração sua condição psiquiátrica.