Polícia identifica segundo suspeito de participar de assalto a joalheria e assassinato de segurança no RJ

Por Redação em 05/07/2022 às 03:35:36

A Polícia Civil do Rio de Janeiro identificou Luan Felipe Costa Ferreira, de 31 anos, como o segundo suspeito de participar do roubo a uma joalheria em um shopping de luxo na Barra da Tijuca. O caso, ocorrido em 25 de junho, terminou com a morte de um segurança, que levou um tiro no rosto. De acordo com a polícia, o suspeito é do Pará e já era foragido da Justiça por extorsão e tem ordem de prisão desde 9 de março.

Após investigações, a Polícia Civil do Rio de Janeiro disse que Ferreira foi identificado depois de análise das imagens das câmeras de segurança do shopping. Segundo a polícia, ele é um dos quatro criminosos que entraram na joalheria, enquanto os outros bandidos, ainda não identificados, ficaram de fora, dando cobertura. Pelo menos 12 criminosos estão envolvidos no crime. Além de Ferreira, Rodolfo Nascimento Silva, conhecido como Mãozinha, de 29 anos, também já foi identificado pela polícia. Depois de roubarem a loja, durante a fuga, o grupo atirou na cabeça do segurança Jorge Luiz Antunes, de 49 anos, que morreu no local.

*Com informações do Estadão Conteúdo.

 

Fonte: Jovem Pan

Comunicar erro

Comentários