Kelmann Vieira chama atenção para possível influência da Prefeitura nas contratações da Braskem

Kelmann Vieira chama atenção para possível influência da Prefeitura nas contratações da Braskem

O vereador por Maceió, Kelmann Vieira (MDB), chamou atenção em suas redes sociais, durante essa semana, para possível influ√™ncia da Prefeitura de Maceió nas escolhas das empresas que estão prestando serviços para a Braskem nos bairros atingidos pelo maior desastre ambiental urbano do mundo.

Segundo o parlamentar, uma das empresas é a MTSul que est√° realizando obras de mobilidade urbana na cidade. A empresa tem sede no estado do Mato Grosso e, no Nordeste, possui apenas serviços prestados na capital alagoana.

"Todos sabem que os executivos dessa MTSul t√™m relação com o tal Dr. M√°rio, que vem a ser o sogro do prefeito de Maceió. Como a Braskem realiza contratações diretas, sem necessidade de licitação, me chama muito a atenção contratar justamente uma empresa próxima à família do prefeito", enfatizou.

O vereador chama atenção ainda para o currículo desses executivos que, segundo conta na mídia, j√° estiveram envolvidos em diversos casos de corrupção. "Um desses donos da MTSul j√° se envolveu inclusive em um escândalo de corrupção na Colômbia. Ai me pergunto, como que a Braskem resolveu contratar uma empresa dessas se não por indicação política", disse Kelmann.

A MTSul, além das obras de mobilidade urbana, como a ampliação da av. Durval de Goes Monteiro, est√° realizando o preenchimento das minas de sal-gema.

Outra empresa mencionada pelo vereador Kelmann em suas redes sociais é a Locar Saneamento Urbano, que vem realizando serviços de limpeza urbana no território abandonado devido o crime ambiental causado pela Braskem.

Em 2023, o Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE) pediu, em car√°ter liminar, a suspensão do contrato emergencial no valor de R$ 29.895.479,16 entre a empresa e a Prefeitura de Maceió. O contrato teria sido assinado com o pretexto de que não haveria prazo suficiente para a conclusão de nova licitação e que ele iria durar até a finalização do procedimento licitatório.

"Muito me estranha também essa empresa ter sido contratada pela Braskem, uma vez que a empresa foi impedida pelo Poder Judici√°rio de prestar serviços para a Prefeitura de Maceió. Isso com certeza é mais um sinal da possível influ√™ncia da Prefeitura nas contratações sem licitação da Braskem", declarou Kelmann Vieira.

Em suas postagens nas redes sociais, o vereador cobrou ainda transpar√™ncia no processo de contratação dessas empresas e cobrando uma real efetivação do setor de Compliance da Braskem.