Acusado de injúria racial e ameaça é preso na Mangabeiras

o homem teria proferido ofensas racistas e ameaçado uma frentista em um posto de combustível em 2020

Polícia Civil de Alagoas - Foto: Assessoria/ Arquivo

Polícia Civil de Alagoas - Foto: Assessoria/ Arquivo

A Polícia Civil, por meio da seção de capturas da Dracco, cumpriu um mandado de prisão contra um homem, de 35 anos, pelos crimes de injúria racial e ameaça, no bairro de Mangabeiras, em Maceió.

Em 2020, o homem teria proferido ofensas racistas e ameaçado uma frentista em um posto de combustível, o que causou constrangimento à vítima durante seu expediente de trabalho.

A prisão foi efetuada pelo delegado-geral Gustavo Xavier, acompanhado do diretor da Dracco, delegado Igor Diego, do diretor do Niesp, delegado Sidney Tenório e do coordenador da seção de capturas, o agente Gilson Neto.

"A prisão do suspeito pelos crimes de injúria racial ressalta a eficácia dessa unidade dentro da Polícia Civil alagoana, reforçando seu papel como referência no combate a crimes dessa natureza no estado", destacou o delegado-geral da Polícia Civil.