Estado

MTC é pioneiro na produção de molho de tomate cereja e destaca-se em audiência no Ministério do Desenvolvimento Agrário

Por Carlos Maravilhense em 29/11/2023 às 08:46:10

Foto: divulgação

Na manhã desta segunda-feira (27), uma audiência no Ministério do Desenvolvimento Agrário em Brasília marcou o destaque do Movimento Estadual dos Trabalhadores do Campo (MTC) na produção pioneira de molho de tomate cereja no país. A Secretaria Nacional do Ministério do Desenvolvimento Agrário recebeu representantes do MTC, incluindo Ítalo Vinícius, que entregou ao secretário Milton José Fornazieri amostras dos novos produtos da Cooperativa Cheiro da Terra.

O produto em foco é o molho de tomate cereja de manjericão, cujo sucesso foi destacado por Ítalo Vinícius durante a entrega. Ele ressaltou a importância do cooperativismo nas famílias ligadas ao MTC, destacando a presença desses valores nos movimentos e na própria cooperativa.

"É um sucesso esse molho de tomate, e entrego ao nosso secretário pra poder saber o que a gente produz, esse cooperativismo que tá dentro das famílias, que estão em nossos movimentos, no MTC e nos demais, e a gente trouxe aqui pro nosso secretário provar", destacou Ítalo.

O secretário nacional do Ministério do Desenvolvimento Agrário elogiou a iniciativa, reconhecendo o papel vital do MTC na organização do trabalhador rural e na agricultura familiar, especialmente na busca por práticas sustentáveis. Fornazieri expressou entusiasmo em degustar o molho de tomate cereja, considerando-o um produto nobre e inovador.

Em suas palavras, Fornazieri disse: "Vou, claro, com certeza, degustar esse molho de tomate cereja, isso aqui é um produto nobre. Realmente, ninguém faz, molho de tomate, com tomate cereja, então, vocês são pioneiros nesse sentido, e eu quero ver logo mais, esse produto aqui, presente nas prateleiras dos mercados do Brasil, nos empórios, armazéns e, claro, na alimentação escolar, porque nossas crianças precisam comer produtos bons e de qualidade."

A Cooperativa Cheiro da Terra, responsável pela produção do molho de tomate cereja, não é novata em apresentar produtos de qualidade. Durante a Feira Nordestina da Agricultura Familiar, realizada de 16 a 19 de novembro em João Pessoa, Paraíba, a cooperativa apresentou diversos produtos derivados do umbu. Entre eles, geleias de sabores variados, doce de umbu com coco, e o já mencionado molho de tomate cereja e manjericão.

O evento, sediado no Espaço Cultural José Lins do Rêgo, é considerado o maior do Nordeste dedicado à agricultura familiar. Wilaneide Brito, representante da Cooperativa Cheiro da Terra, ressaltou a importância dos produtos derivados do umbu como parte da cultura nordestina, levando o que há de melhor em Alagoas para diferentes partes do Brasil.

Além da exposição de produtos, a Fenapes ofereceu uma plataforma para eventos de formação, palestras, oficinas e cursos abordando temas cruciais como acesso à terra, sistemas agroalimentares, agroecologia, assistência técnica e extensão rural, acesso ao crédito, mudanças climáticas, acesso aos mercados, cooperativismo solidário e protagonismo feminino.

A participação da Cooperativa Cheiro da Terra na Fenapes proporcionou uma excelente oportunidade para expandir a presença de seus novos produtos no mercado, consolidando ainda mais a qualidade e inovação que caracterizam a produção da cooperativa.

Comunicar erro
Estado 02

Comentários