Detran AL

Palácio do Planalto diz que Lula não irá à posse de Milei

De acordo com informações do palácio do Planalto, o presidente Lula não irá à posse do recém-eleito presidente da Argentina, Javier Milei, no dia 10 de dezembro.

Por Redação em 20/11/2023 às 22:50:26

Foto: Reprodução internet

De acordo com informações do palácio do Planalto, o presidente Lula não irá à posse do recém-eleito presidente da Argentina, Javier Milei, no dia 10 de dezembro. O libertário foi eleito no domingo, 19, com 55,70% dos votos, contra 44,30% do seu adversário Sergio Massa. Por meio das redes sociais, o presidente Lula se manifestou sobre o resultado das eleições, mas não citou o nome de Javier Milei. Em publicação na sua conta no X (antigo Twitter), ele declarou: “A democracia é a voz do povo, e ela deve ser sempre respeitada. Meus parabéns às instituições argentinas pela condução do processo eleitoral e ao povo argentino que participou da jornada eleitoral de forma ordeira e pacífica. Desejo boa sorte e êxito ao novo governo. A Argentina é um grande país e merece todo o nosso respeito. O Brasil sempre estará à disposição para trabalhar junto com nossos irmãos argentinos”.

Ministros da atual gestão não demonstraram estar contentes com a vitória de Milei. O ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Paulo Pimenta, afirmou a jornalistas nesta segunda-feira, 20, que o presidente eleito deve um pedido de desculpas para Lula e que, só então, os dois podem dar início a diálogos institucionais. Conforme mostrou o site da Jovem Pan, o líder argentino chamou Lula de “comunista” durante a campanha e anunciou que não se reuniria com o chefe do Executivo brasileiro caso ele fosse eleito. Durante o segundo turno, após Massa ficar na liderança, adotou tom mais ameno.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, optou por não se manifestar sobre a vitória do libertário. Contudo, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), não hesitaram em citar o nome de Javier Milei em suas publicações. Em sua postagem, Pacheco felicitou Milei e o desejou uma “administração profícua”: “Felicito o recém-eleito presidente da Argentina, Javier Milei, a quem desejo uma administração profícua para o povo argentino, que o escolheu de maneira democrática e republicana”. Lira parabenizou o “presidente eleito da Argentina, Javier Milei, e à Argentina pela escolha democrática do novo mandatário do país”. Ele afirmou, ainda, que “a Câmara dos Deputados continuará trabalhando para estreitar ainda mais as relações comerciais, políticas e culturais entre as duas nações”.

Na contramão do presidente Lula, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) confirmou sua presença na posse do libertário. Em sua conta no X, o ex-presidente parabenizou o povo argentino pela vitória e declarou que “a esperança volta a brilhar na América do Sul”. O ex-chefe do Executivo foi convidado pelo próprio Milei para comparecer, no dia 10 de dezembro, ao evento em Buenos Aires. Eles conversaram por chamada de vídeo, e Bolsonaro se colocou à disposição para ajudá-lo no que for preciso: “Tem um trabalho muito grande pela frente. O trabalho vai para fora da Argentina, você representa muito para nós. Você representa para o Brasil e tenha certeza de que tudo que for possível fazer, estarei à sua disposição”.

*Com informações do repórter André Anelli

Fonte: Jovem Pan

Tags:   Política
Comunicar erro
Alagoas 02

ComentĂĄrios