Alagoas 1

Avô assassinado na frente da neta em Maceió foi atingido por quatro tiros, diz polícia

Por Tnh1 em 07/06/2023 às 07:47:09

Cortesia ao TNH1

Cícero Gomes da Silva, 53 anos, que morreu após ser assassinado a tiros na frente da neta no bairro de Pitanguinha, em Maceió, nessa terça-feira, 06, foi atingido por quatro disparos de arma de fogo. A informação foi divulgada no relatório de ocorr√™ncias da Polícia Militar, divulgado nesta quarta, 07, após o trabalho de perícia do Instituto de Criminalística. Ninguém foi preso.

Segundo informações passadas pelo 4¬ļ Batalhão, que esteve no local do crime, os tiros atingiram a cabeça, as costas e o braço esquerdo da vítima, que caiu ao lado do próprio carro e não resistiu. Na cena do homicídio, os militares tinham encontrado cerca de 10 c√°psulas de pistola no chão, porém depois foi verificado que nem todos os tiros acertaram o homem. J√° a menina, que seria levada pelo avô ao médico, saiu ilesa do atentado por estar próxima da porta do passageiro, perto da calçada.

O caso - Cícero Gomes da Silva, 53 anos, foi assassinado a tiros por ao menos dois suspeitos que teriam aguardado a saída dele de casa, na Rua M√°rio Lobo, no bairro de Pitanguinha, nas primeiras horas da manhã de terça-feira, 06. A vítima foi executada na frente da neta.

Ele residia em um imóvel na travessa ao lado da rua onde foi morto e teria saído da casa para levar a neta ao médico quando teria sido surpreendido por ao menos dois criminosos dentro de um veículo. Ele foi baleado ao lado do próprio carro e a neta conseguiu escapar dos disparos.

Inicialmente, os policiais levantaram a informação de que Cícero Gomes tinha passagem pela polícia por crimes de tr√°fico de drogas e associação criminosa, e estaria envolvido na guerra pelo comércio ilegal de entorpecentes nos conjuntos Rosane Collor e Colibri, na parte alta da cidade. A Polícia Civil deve investigar se o homicídio tem relação com os traficantes desta região.

Comunicar erro
Alagoas 22

Coment√°rios