Influenza: Maceió intensifica vacinação após baixa adesão do público-alvo

Secom Maceió

Secom Maceió

Com a proximidade da chegada do inverno e iniciado o período chuvoso em Maceió, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) intensifica o chamamento à população para garantir a imunização contra a Influenza.

Apesar de sua importância, a campanha que foi iniciada h√° cerca de 20 dias, só atingiu até agora o percentual total de 14,06% (40.453 doses aplicadas) do público-alvo da campanha, que inclui idosos, crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, trabalhadores da saúde e professores, entre outros.

Com a meta de alcançar 90% em todos os grupos priorit√°rios, a Coordenação de Imunização do município de Maceió reforça o quanto essa medida é necess√°ria para evitar consequ√™ncias mais graves decorrentes da doença, como internações, complicações e óbitos.

"A Influenza é uma infecção viral aguda, que afeta o sistema respiratório e é de alto grau de transmissão. Por isso, a vacinação anual é nossa melhor estratégia para promover a imunidade das pessoas, especialmente nesse período de maior circulação do vírus Influenza", reforça a coordenadora de Imunização de Maceió, Eunice Amorim.

Realizada sob a coordenação do Ministério da Saúde, a campanha de vacinação contra a Influenza ocorre, este ano, em uma única etapa para todos os grupos priorit√°rios, até o dia 31 de maio. Em Maceió, as doses estão disponíveis em todas as unidades de saúde do município, nos shoppings Maceió (Mangabeiras) e P√°tio (Cidade Universit√°ria), no CAT Praia (Ponta Verde) e nas ações dos programas Saúde da Gente e Brota na Grota.

A vacinação de 2024 é trivalente e sua formulação é eficaz contra as cepas H1N1, H3N2 e tipo B. A dosagem é constantemente atualizada para que a dose seja efetiva na proteção contra as novas cepas do vírus Influenza. A coordenadora de Imunização lembra que a aplicação da vacina é contra indicada apenas para pessoas que apresentaram reação severa (anafil√°tica), ao se imunizarem em campanhas anteriores.

"Em algumas situações é recomendado o adiamento da vacinação até a melhora do quadro de doenças febris agudas, moderadas ou graves e casos confirmados de Covid-19", explica Eunice, ao lembrar que as pessoas devem levar seu cartão de vacinação quando se dirigirem até um dos locais para se imunizar.

Público-alvo e documentação (clique aqui)

Locais de Vacinação (clique aqui)

Lista de Comorbidades (clique aqui)

Os estudantes da √°rea da saúde que estejam realizando est√°gio em instituições de saúde também serão contemplados mediante apresentação de Termo de Compromisso de Est√°gio ou declaração da instituição de saúde a qual est√° vinculado.

As pessoas em situação de rua, cuidadores familiares e indígenas poderão ser vacinados mediante preenchimento de autodeclaração.

Autodeclaração população em situação de rua

Declaração de cuidador familiar

Autodeclaração Povos Indígenas

Para cadastro de vacinação de idosos acamados, os respons√°veis podem entrar em contato, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, para que a equipe faça a vacinação na resid√™ncia. O contato deve ser feito pelo telefone (82) 3312-5589 ou através do e-mail [email protected].

Recomendações

Para o público que j√° apresentou sinais de alergia após a ingestão de ovo, a vacina deve ser administrada em ambiente adequado para tratar manifestações alérgicas graves, sob supervisão médica, preferencialmente. Nesses casos, a vacinação deve ser agendada com o Centro de Refer√™ncia para Imunobiológicos Especiais (CRIE), situado no Ambulatório do Hemoal (Trapiche), pelo telefone (82) 3315-2983 ou através do e-mail [email protected], anexando o exame de sangue IgE específico para componentes do ovo dos últimos tr√™s meses.