"Ótimo aluno, filho e amigo": universidade presta homenagem a policial morto por colega em Arapiraca

Reprodução

Reprodução

A Universidade Estadual de Alagoas (Uneal) publicou, na noite dessa sexta-feira, 6, uma nota de pesar pela morte do policial militar e estudante de direito da universidade, Eudson Felipe Cavalcante Moura, morto por um colega de farda da Polícia Militar em Arapiraca, no Agreste de Alagoas.

Segundo a Uneal, o soldado era considerado um ótimo aluno, filho, amigo, policial militar e cidadão exemplar. Leia na íntegra:

"É com extremo pesar que lamentamos profundamente a morte violenta do nosso querido aluno egresso, Eudson Felipe, que foi brutal e covardemente assassinado na tarde de hoje (05/04/2024), em Arapiraca. Eudson Felipe era um aluno super inteligente, atencioso e apaziguador, que sempre tratou a todos da UNEAL com muito respeito e carinho.

Esperamos que a Polícia Militar de Alagoas adote as provid√™ncias necess√°rias para impedir que profissionais violentos ou emocionalmente inst√°veis se mantenham nos quadros na Polícia, colocando toda a sociedade em risco.

Eudson Felipe era um ótimo aluno, filho, amigo e policial, era um cidadão exemplar. Toda a sociedade Arapiraquense perde com a sua morte".

O caso - Um cabo da Polícia Militar de Alagoas (PMAL), identificado como Moisés, assassinou o soldado PM Eudson Moura, atirou na cabeça na cabeça da ex-esposa, que ficou ferida gravemente, e, em seguida, tirou a própria vida, no final da tarde desta sexta-feira (05), em uma resid√™ncia no bairro Verdes Campos, em Arapiraca, no Agreste de Alagoas.

De acordo com informações da PM, o cabo Moisés teria ido até a casa da ex-mulher com a intenção de mat√°-la, após ela conseguir na Justiça uma medida protetiva. Por meio de imagens de uma câmera de segurança, é possível ver que o solado PM Eudson Moura j√° estava com o carro estacionado próximo à casa da ex-esposa do cabo Moisés. De acordo com informações, a intenção dele era impedir que Moisés cometesse o crime.

O cabo Moisés chega ao local e Eudson vai ao encontro dele. Os dois parecem discutir quando o cabo Moisés saca a arma e atira contra Eudson, que cai no chão e é alvejado com mais disparos. Após matar o amigo, Moisés segue para a casa da esposa. Atira na fechadura e chuta o portão para invadir a resid√™ncia. Dentro da casa, ele atira na cabeça da ex-companheira. Em seguida, o militar tira a própria vida.