Defesa de Robinho entra com pedido de habeas corpus no STF

A defesa do ex-jogador Robson de Souza, mais conhecido como Robinho, entrou com pedido liminar urgente, de habeas corpus, no Supremo Tribunal Federal.

Defesa de Robinho entra com pedido de habeas corpus no STF

A defesa do ex-jogador Robson de Souza, mais conhecido como Robinho, entrou com pedido liminar urgente, de habeas corpus, no Supremo Tribunal Federal. Nessa quarta-feira (20), a Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça decidiu que o jogador deve cumprir, no Brasil, a pena de 9 anos de prisão, por estupro coletivo, determinada pela justiça italiana.

O advogado José Eduardo Alckmin argumenta que o STJ violou a jurisprudência, pois ainda seria cabível recurso, do tipo embargo contra a homologação, bem como recurso extraordinário ao Supremo. A defesa acrescenta que Robinho aguardou em liberdade todo o processo e nunca representou risco à aplicação da lei.

O ministro Luiz Fux foi sorteado como relator do pedido no STF.

Pela decisão de prisão, de quarta-feira, o cumprimento imediato da pena deve começar em regime fechado. A Corte Especial determinou o envio da certidão de julgamento ao juiz federal da Subseção Judiciária de Santos, em São Paulo, onde Robinho possui residência. Dessa maneira, restariam apenas os trâmites burocráticos antes de a polícia cumprir a ordem de prisão contra o ex-jogador.

Ricardo Falco, amigo de Robinho e outro condenado pelo crime, também é alvo de pedido de cumprimento de pena no Brasil.

*Com informações da Agência Brasil

© Divulgação/ Santos FC/ Direitos Reservados

Justiça São Luís Entenda os próximos passos em caso de prisão de Robinho por estupro STJ decide que Robinho deve cumprir pena por estupro no Brasil 21/03/2024 - 15:16 Sâmia Mendes / Liliane Farias Gabriel Correa - repórter da Rádio Nacional * Robinho STJ Estupro quinta-feira, 21 Março, 2024 - 15:16 1:12