Estado

Conselho tutelar repudia desfile de trans seminua em bloco

Organização do Franga da Madrugada afirma que foi pega de surpresa e que não compactua com o ocorrido

Por Gazetaweb em 12/02/2024 às 20:10:21

Desfile de mulher trans gera polêmica

Por meio de nota publicada nas redes sociais, na tarde desta segunda-feira (12), o Conselho Tutelar da cidade de União dos Palmares repudia o desfile de uma mulher trans seminua em pleno bloco carnavalesco, em frente à sede da Prefeitura. Para a entidade, houve a exposição inadequada, pois havia menores na ocasião. Já a organização do bloco afirma que foi pega de surpresa e que não compactua com o ocorrido.

Em virtude do fato, o Conselho diz que expressa preocupação diante da exposição inadequada de uma mulher trans seminua, apresentando-se a crianças e adolescentes no centro da cidade.

"Estamos analisando o ocorrido e adotaremos as medidas necessárias para garantir a segurança e proteção das nossas crianças e adolescentes", informa o Conselho.

Por sua vez, o organizador do Bloco Franga da Madrugada, Léo Sarmento, comentou que o incidente foi uma surpresa para todos do bloco e que não concorda com tal forma de expressão.

"Fomos pegos de surpresa. Peço desculpas às crianças que estavam presentes, os idosos, porque o Bloco Franga da Madrugada é irreverente, é um bloco para todo mundo, que respeita a inclusão social, as diversidades, mas esta não era a forma de mostrar. Por isso, não compactuamos com o que ocorreu. Este bloco tem vinte e quatro anos de tradição, é um bloco aberto. Apesar de receber incentivo da Prefeitura de União, não é organizado por ela. Foi um acontecido, talvez a pessoa tenha sido infeliz em sua performance, o critério não é esse, foi uma falta de respeito com as pessoas que estavam ali. Este desfile foi criado para mostrar a irreverência dos foliões", expôs Léo Sarmento.

O FATO

O desfile de uma mulher trans em frente à Prefeitura de União dos Palmares gerou polêmica e reações negativas de ex-políticos da cidade. Figuras, como o ex-vice-prefeito Zé Alfredo e ex-vereador Bruno Lopes, repudiaram o caso por meio das suas redes sociais.

A performance da trans ocorreu no palco montado em frente ao Palácio Zumbi dos Palmares, usando apenas uma folha como tapa-sexo e tapa-mamilos.

Um vídeo publicado no Instagram mostra o desfile do Bloco 'A Franga da Madrugada', tradicional no carnaval de União dos Palmares, quando a mulher trans Sophia subiu no palco, cobrindo apenas virilha e mamilos.

Após a publicação da performance nas redes sociais, moradores da cidade compartilharam comentários de repúdio ao caso.


Comunicar erro
Estado 02

Comentários