Estado

STJD: Gabigol é absolvido por confusão em Fla x Flu; Nino é suspenso por um jogo

O atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol, do Flamengo, foi absolvido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD), enquanto o zagueiro Nino, do Fluminense, foi punido com uma partida de suspensão.

Por Adriano Santos em 05/12/2023 às 17:55:42

Foto: Reprodução internet

O atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol, do Flamengo, foi absolvido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD), enquanto o zagueiro Nino, do Fluminense, foi punido com uma partida de suspensão. A decisão foi proferida neste terça-feira, 5, por unanimidade dos votos e cabe recurso. Ambos se desentenderam durante o clássico entre as equipes no dia 11 de novembro, válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, que terminou empatado em 1 a 1, no Maracanã. O árbitro Wilton Pereira Sampaio relatou que expulsou Gabigol aos 50 minutos do segundo tempo, após o atacante peitar Nino e o zagueiro revidar segurando o adversário pelo pescoço. Além disso, o árbitro informou que atleta do Rubro-Negro entrou em campo após o fim do jogo para questionar a expulsão. A defesa do jogador flamenguista alegou que o jogador não agiu de forma desleal. Segundo o advogado João Marcelo, Gabigol cometeu uma falta durante o jogo e, em seguida, Nino se aproximou dele. Além disso, o advogado argumentou que não faria sentido peitar um jogador alto como o atleta do Tricolor das Laranjeiras. Portanto, a defesa pediu a absolvição do atacante. Por sua vez, o departamento jurídico do Fluminense ressaltou que o atleta é educado e respeitado pelos árbitros. O advogado Lucas Maleval afirmou que o zagueiro está no clube desde 2019 e só teve seu primeiro julgamento no STJD este ano, no qual foi apenas advertido. O relator do processo, Washington Rodrigues, afirmou que não viu a peitada no lance. Ele votou pela absolvição de Gabriel Barbosa nos dois artigos e considerou que Nino segurou o pescoço do adversário, mas dentro dos limites aceitáveis. Por isso, Rodrigues aplicou uma partida de suspensão ao zagueiro. O voto do relator foi acompanhado por outros quatro auditores.

Fonte: Jovem Pan

Comunicar erro
Estado 02

Comentários