Detran AL

Mais de 4 mil pessoas foram atendidas no HGE por acidente de trânsito em 2023 em Alagoas

Por com Ascom Sesau-AL em 09/11/2023 às 19:38:55

O Hospital Geral do Estado (HGE) registrou 4.440 atendimentos a pacientes que sofreram acidentes de trânsito no período de janeiro a outubro deste ano. Segundo órgão, foram 2.036 vítimas de colisões, 1.636 de acidentes de moto, 409 de atropelamentos, 245 de quedas de bicicleta e 114 de capotamentos. No ano passado, nesse mesmo período, foram notificados 4.388 atendimentos, conforme o balanço divulgado nesta quinta-feira (9).

De acordo com a equipe multidisciplinar do HGE, a situação é preocupante, uma vez que, como se sabe, grande parte dos acidentes de trânsito podem ser evitados com mais prudência, atenção e respeito às normas de trânsito. Para o médico especialista em traumas, Álvaro Bulhões, o número continua alto devido a maus hábitos nas vias, como o uso do celular, seja do condutor como do pedestre; o consumo de bebidas alcóolicas; e as distrações, inclusive de pedestres que atravessam a rua fora da faixa indicada.

"Os acidentes com moto continuam preocupando muito, pois, na maioria das vezes, resultam em ferimentos completos, dolorosos, que exigem um tratamento mais longo; o que resulta no maior tempo de hospitalização, no afastamento do local de trabalho, na diminuição da renda familiar e até em sequelas permanentes que podem causar mudanças na vida de quem ficou ferido e em seus dependentes diretos", alertou o médico do HGE, Álvaro Bulhões.

Constatação

Um paciente de 31 anos, que não quis se identificar, sofreu um acidente de moto no bairro Benedito Bentes, em Maceió. Ele diz que foi surpreendido por um condutor que não sinalizou a mudança de faixa, e não conseguiu evitar a colisão. Como a velocidade não estava alta, de ambos os veículos, os ferimentos não foram graves e, após o atendimento multidisciplinar da Área Vermelha, recebeu alta médica.

"Quando um paciente, como este, chega ao HGE, a nossa equipe rapidamente avalia e dá os devidos encaminhamentos, como a realização de exames de imagem, administração de medicações, entre outros. Nos casos mais graves, conduzimos imediatamente ao centro cirúrgico para estabilização e posterior estudo da melhor conduta para restabelecimento da saúde do acidentado", explicou o especialista, que também é cirurgião geral.

Qualquer pessoa ferida em um acidente de trânsito pode buscar atendimento no HGE, entretanto a recomendação é que se houver risco de fraturas, antes acione imediatamente o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), sem mexer no corpo da vítima, para o transporte seguro. O Corpo de Bombeiros deve ser acionado nos casos cujos envolvidos estão presos em ferragens ou em condição de risco.

"As nossas equipes estão prontas, qualificadas, preparadas para assistir os cidadãos que venham a sofrer um acidente de trânsito. Entretanto, a nossa alegria seria celebrar que poucas pessoas busquem esse atendimento, tão danoso à nossa sociedade. O número de sequelados, fisicamente e mentalmente, cresce todos os dias. E isso pode ser evitado, basta cada um fazer a sua parte", comentou o diretor geral, Fernando Melro.

Comunicar erro
Alagoas 02

Comentários