Estado

Mulher é assassinada a tiros no Sertão e companheiro é suspeito; vítima gravou vídeo antes de morrer

Por Tnh1 em 18/06/2023 às 18:11:29

A mulher, identificada como Mônica Cavalcante, 26 anos, foi encontrada morta com marcas de tiros no município de São José da Tapera, no Sertão de Alagoas, neste domingo, 18. O principal suspeito do crime, com característica de feminicídio, é o companheiro dela, identificado como Leandro. A Polícia Civil de Alagoas (PC-AL) confirmou que iniciou a investigação do caso e j√° trabalha para localizar e prender o homem foragido.

Segundo informações iniciais passadas pela PC-AL, o assassinato aconteceu após uma suposta discussão entre o autor e a vítima no início da manhã. O delegado Diego Nunes informou, no entanto, que a motivação do crime est√° em fase de apuração.

"Nós não vamos fazer revelações agora para não atrapalhar as investigações. J√° temos equipes nas ruas, em dilig√™ncias, para localizar o suspeito o mais r√°pido possível", limitou-se Diego Nunes em contato com o TNH1.

Em vídeo gravado minutos antes de morrer, Mônica havia afirmado que estava em um relacionamento abusivo com o companheiro. "Eu estou bem, sabe? Eu tenho a consci√™ncia de que fui uma boa esposa, sabe? Fiz tudo ao meu alcance para ser feliz", disse a vítima aos prantos. Assista abaixo:

O corpo de Mônica foi encontrado perto do Fórum da cidade, próximo à casa onde o casal morava. Ele foi coberto com um lençol antes da chegada do IML e manchas de sangue foram vistas no chão. Leandro usou um carro para fugir e segue sendo procurado.

Veja a nota da Polícia Civil:

"A equipe plantonista da Polícia Civil, sob o comando do delegado Diego Nunes, desde que tomou conhecimento do caso iniciou investigação e est√° em dilig√™ncia visando localizar e prender o homem que assassinou a tiros Monica Cavalcante, no início da manhã deste domingo (18), no município de São José da Tapera, no sertão alagoano.

O delegado disse que ainda não se sabe a motivação do crime, que, de acordo com as informações, foi cometido após uma discussão entre o autor e a vítima".

Comunicar erro
Estado 02

Coment√°rios