Estado

Conta de energia em AL terá aumento médio de 17,5% a partir de domingo

Para os consumidores residenciais, a alta será de 14,57%; o reajuste foi aprovado pela Aneel

Por Gazetaweb em 23/05/2023 às 17:22:42

Para os consumidores residenciais, a alta será de 14,57%

A conta de energia vai ficar mais cara em Alagoas a partir do próximo domingo (28). A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, nesta terça-feira (23), o Reajuste Tarifário Anual de 2023 da Equatorial Alagoas. Para os consumidores residenciais, a alta será de 14,57%. No geral, o efeito médio para todos os consumidores será de 17,5%.

A empresa atende aproximadamente 1,33 milhão de unidades consumidoras no estado, cujo consumo de energia elétrica representa, atualmente, um faturamento anual na ordem de R$ 2,43 bilhões.

Os consumidores de baixa tensão terão aumento de 15,05%, enquanto os de alta tensão sofrerão impacto de 24,19%. Os valores foram impactados, segundo a Aneel, especialmente, pelas despesas relacionadas aos componentes financeiros, além de custos com encargos setoriais e custo de energia.

O Reajuste Tarifário Anual (RTA) acontece sempre no ano em que não há Revisão Tarifária Periódica (RTP). No RTA, a Parcela B é atualizada pelo índice de inflação estabelecida no contrato (IGP-M ou IPCA), menos o fator X (IGP-M/IPCA – Fator X). Em ambos os casos, são repassados os custos com compra e transmissão de energia e os encargos setoriais que custeiam políticas públicas estabelecidas por meio de leis e decretos.

Comunicar erro
Estado 02

Comentários