Estado

Eslováquia vai enviar 13 aviões caça a Kiev

Por Gustavo em 18/03/2023 às 03:37:05

A Eslováquia vai enviar 13 aviões caça MiG-29 para à Ucrânia, após a Polônia prometer fornecer quatro aeronaves. Isso representa um reforço significativo no apoio a Kiev, capital do país europeu, que se prepara para uma contraofensiva à Rússia. “As promessas devem ser mantidas e quando o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, pediu mais armas, incluindo caças, eu disse que faremos o nosso melhor”, comentou o primeiro-ministro eslovaco Eduard Heger, no Twitter, ao anunciar a decisão nesta semana. Os caças que serão entregues à Ucrânia são aviões de concepção soviética, mas que os pilotos ucranianos podem utilizar de imediato, sem formação adicional. Os países ocidentais haviam se mostrado até agora relutantes a entregar aviões de combate à Ucrânia, por temores de uma escalada do conflito. Mas os tabus começaram a se desfazer em janeiro, com o primeiro passo dado pelos aliados de Kiev que aceitaram entregar tanques pesados à ex-república soviética. Um oficial de uma força aérea europeia destacou que a decisão de enviar os caças era coerente e busca suprir de imediato as necessidades existentes e “garantir a defesa aérea do território, com aparelhos que os ucranianos já conhecem”. O tempo de formação para o uso de aviões modernos de combate é de cerca de seis meses para um piloto experiente. “É um caça que tem um alcance de ação limitado”, explicou Pierre Razoux, diretor acadêmico da Fundação Mediterrânea de Estudos Estratégicos (FMES). “Se tem armas pesadas, teria que estar estacionado no centro da Ucrânia para poder atacar o Donbass, ou seja, um entorno bastante vulnerável”, acrescentou.

 

Fonte: Jovem Pan

Comunicar erro
Estado 02

Comentários