Estado

Alagoas não registra óbitos e tem baixo registro de casos de Covid-19 durante o Carnaval

Por Henrique Dias em 23/02/2023 às 18:55:04

Covid-19 / Foto: Reuters

Alagoas registrou um número considerado baixo de casos de Covid-19 durante o Carnaval. Segundo uma avaliação do Grupo Técnico Científico de Combate à Covid-19, vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), e divulgada nesta quinta-feira (23), entre sábado (19) e a quarta-feira (22), 34 casos foram registrados.

Apesar do número pequeno de casos e de ter havido o registro de nenhuma morte no período, o alerta para as medidas de proteção continuam. Os dados da situação epidemiológica da Covid-19 em Alagoas são disponibilizados diariamente no site da Sesau (https://www.saude.al.gov.br/covid-19/ ) e são analisados pelo GTC que apresenta as avaliações durante reuniões.

O chefe do Gabinete de Combate às Doenças Infecciosas da Sesau, médico Renee Oliveira, explicou que o motivo do baixo número de casos durante o Carnaval deste ano se deve a baixa taxa de transmissão da Covid-19. "Essa realidade pode ser demonstrada por meio dos Boletins Epidemiológicos Diários que a Sesau divulga. Tivemos um quantitativo muito pequeno de notificações novas e, além disso, quando olhamos os números de exames realizados no Lacen/AL [Laboratório Central de Alagoas], os testes diagnosticados como positivos também foram baixo", explicou.

O infectologista ressaltou que as medidas tomadas com antecedência pelo GTC garantiram que o Estado conseguisse estabilizar o número de casos, mas, alerta, que cuidados devem continuar a ser seguidos pela população. "Continuamos orientando que as pessoas completem seu esquema vacinal e que façam o uso da máscara, principalmente em locais fechados, lavem as mãos com bastante frequência, e priorize o uso do álcool em gel a 70%. E caso apresentem sintomas respiratórios, busquem ajuda nos serviços de saúde e realizem a testagem, fazendo o isolamento em caso de positividade", destacou.

O secretário de Estado da Saúde, médico Gustavo Pontes de Miranda, destacou que o Grupo Técnico Científico de Combate à Covid-19 tem sido fundamental para nortear as ações que a gestão da saúde estadual vem adotando. "Estamos em alerta quanto à situação da Covid-19 em Alagoas e todas as medidas já adotadas fizeram a diferença nesse período carnavalesco. Sabemos a importância de seguirmos com o Grupo Técnico Científico e toda análise dos dados epidemiológicos para subsidiar o monitoramento de forma contínua", disse o gestor da saúde estadual.


Redação com Sesau/AL


Comunicar erro
Estado 02

Comentários