Estado

Alerta laranja para perigo com chuva é emitido para mais de 80 cidades de Alagoas nesta segunda (06)

Por Tnh1 em 06/02/2023 às 10:11:35

Theo Chaves/TNH1

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou, na manhã desta segunda-feira, 06, dois alertas na cor laranja para Alagoas, com perigo de acumulado de chuva. Um dos alertas deve durar até às 10h de terça-feira, enquanto o outro tem previsão até às 20h de hoje. Mais de 80 cidades alagoanas devem ser atingidas pelas chuvas nesse período.

De acordo com o instituto, parte do estado pode registrar chuva entre 30 a 60 mm/h ou 50 a 100 mm/dia. Com isso, há risco de alagamentos, deslizamentos de encostas, e transbordamentos de rios.

Veja as instruções:

  • Evite enfrentar o mau tempo.
  • Observe alteração nas encostas.
  • Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia.
  • Em caso de situação de inundação, ou similar, proteja seus pertences da água envoltos em sacos plásticos.
  • Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

O alerta que deve se encerrar na terça-feira é válido para Maceió e outros 79 municípios. Além da capital, a região metropolitana, o Litoral, a Zona da Mata, o Agreste, e o Baixo São Francisco devem registrar acumulado de chuva nas próximas horas. Você pode conferir quais cidades clicando aqui.

Já o segundo alerta, com previsão de término para esta noite, é para as cidades de Campestre, Jacuípe, Maragogi, Novo Lino e Porto Calvo, ou seja, na região Norte do Estado. A grande parte dele abrange o Leste de Pernambuco e Paraíba. Clique aqui e saiba mais.

Chuvas fortes registradas em Pernambuco - No estado vizinho, a chuva já começou a provocar estragos. De acordo com a Folha de Pernambuco, a capital Recife registrou 60% da chuva esperada para os 28 dias de fevereiro em apenas seis horas. Segundo a Defesa Civil da capital pernambucana, o índice chegou a 77,93 mm em algumas partes da cidade. A média histórica do mês é de 122,90 mm.

A Defesa Civil recebeu 39 chamados da população recifense no período, referentes a solicitações de lonas e pedidos de vistoria, nenhuma delas com gravidade.

Comunicar erro
Estado 02

Comentários