Dívida da China atinge nível recorde de 295% do PIB

Dívida da China atinge nível recorde de 295% do PIB
É a maior relação dívida/PIB desde 1995 O valor da dívida pública da China em porcentagem do PIB do país atingiu 295%, um novo recorde estabelecido em junho. O crescimento do endividamento foi provocado após as autoridades locais terem tomado empréstimos para oferecer suporte a economia do país, que enfrenta forte desaceleração em seu setor imobiliário e problemas provocados pela rígida política de “covid zero”

O total da dívida ao setor não financeiro chegou a US$ 51,87 trilhões, ou 295% do PIB do país, marcando a maior relação dívida/PIB desde 1995, segundo estatísticas divulgadas na segunda-feira pelo Banco de Compensações Internacionais. A porcentagem superou o pico anterior, registrado no final de 2020.

Embora a pandemia e seus efeitos sejam um problema de curto prazo, as perspectivas de longo prazo da China podem não ser muito melhores. Espera-se que a queda na taxa de natalidade e o envelhecimento da população aumentem a carga fiscal dos programas de seguridade social, deixando o governo com menos recursos para estimular o crescimento.

As razões para a recente recuperação estão em ambos os lados da equação. Do lado do PIB, os lockdowns em Xangai e outras cidades visando impedir a propagação da covid-19 atingiram fortemente a economia. Diante deste quadro, o PIB real da China cresceu apenas 0,4% no ano no trimestre de abril a junho.

O aumento da dívida pública é o outro fator principal. A pressão do governo central por projetos de infraestrutura para estimular a economia fez com que as autoridades locais emitissem mais títulos públicos para obter recursos visando o estímulo da economia.

China; covid

Mark Schiefelbein/AP