Banner do Governo

Sesau estuda ampliação de leitos hospitalares exclusivos para pacientes com Covid-19

Por Cadaminuto em 25/11/2022 às 19:11:46

Foto: Ascom Sesau

O Governo de Alagoas estuda a ampliação de novos leitos hospitalares exclusivos para Covid-19, o que deve ocorrer se a curva de casos confirmados continuar em crescimento. Durante reunião do Grupo Técnico Científico, realizada nesta sexta-feira (25), na Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), foram mantidas as recomendações para o uso de máscaras em locais fechados e a necessidade da conclusão do esquema vacinal contra o novo coronavírus.

A assessoria de Comunicação da pasta ressaltou que de acordo com o secretário de Estado da Saúde, médico Gustavo Pontes de Miranda, as determinações são medidas de contingência para o enfrentamento de uma possível nova onda da Covid-19. "Nós estamos, de fato, vendo um aumento importante dos casos de Covid-19 em Alagoas, provavelmente causado pelas variantes do novo coronavírus. Por isso, nosso Grupo Técnico Científico está acionando as unidades e alinhando todas as medidas necessárias para combater uma possível nova onda do vírus", ressaltou.

Ao longo da reunião, os especialistas analisaram a sazonalidade do novo coronavírus, a cobertura vacinal dos 102 municípios alagoanos e o Panorama da Covid-19 em Alagoas. Também foram analisados os dados dos Boletins Epidemiológicos das últimas semanas, que são emitidos diariamente pelo Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), bem como, a ocupação de leitos de Enfermaria e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), cujos dados são divulgados diariamente no site https://www.saude.al.gov.br/covid-19/.

Monitoramento

O chefe do Gabinete Estadual de Combate às Doenças Infecciosas, infectologista Renee Oliveira, pontuou a importância das reuniões para acompanhar o desenvolvimento do vírus no Estado. O especialista ressaltou a necessidade de que a população siga corretamente as medidas sanitárias para conter o avanço do novo coronavírus em Alagoas.

"O Panorama da Covid-19 no Estado mostra que, no momento, estamos estáveis com o número de internamentos e óbitos, mas que existe uma crescente no número de pacientes diagnosticados com a doença. Cenário que pode se intensificar devido às festividades da Copa do Mundo e as confraternizações de Natal e Réveillon. Também detectamos um aumento no número de gestantes infectadas, o que mais uma vez acende o alerta à população para que siga as recomendações contra o novo coronavírus. O uso de máscara, álcool em gel a 70% e a manutenção do distanciamento social são necessários neste momento", destacou o infectologista.

Todas as medidas foram sugeridas pelos infectologistas e técnicos da Superintendência de Vigilância em Saúde (Suvisa), da Central Estadual de Regulação de Leitos, do Programa Nacional de Imunização em Alagoas (PNI/AL) e pelos gestores da Rede Assistencial, formada por hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

Comunicar erro

Comentários