SÍTIO ARQUEOLÓGICO DE ARTE RUPESTRE É DESCOBERTO EM PARICONHA, NO SERTÃO DE ALAGOAS

Por redação com G1/AL em 24/11/2022 às 00:58:05

Sítio arqueológico é descoberto em terra indígena em Pariconha - Foto: Rute Barbosa/Iphan

Um sítio arqueológico foi descoberto em território indígena pertencente a etnia Jeripankó, em Pariconha, no Sertão de Alagoas. A descoberta foi feita durante os trabalhos da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) do São Francisco, do Ministério Público de Alagoas (MP-AL), juntamente com outros órgãos. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (23).

Os integrantes da FPI faziam um trabalho de aproximação e educação ambiental na localidade quando os indígenas relataram sobre os registros rupestres e os guiaram até o local.

O sítio arqueológico remete aos primeiros habitantes da região. Apesar de ter sido localizado pelos indígenas, ele ainda não está registrado no banco de dados do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

"Trata-se de um painel de pinturas rupestre bastante preservado, com motivos geométricos, que remete aos primeiros moradores do Sertão. O sítio reforça a importância e potencial da região para o conhecimento científico da pré-história do nordeste do Brasil", explicou a arqueóloga do Iphan, Rute Barbosa.

De acordo com os relatos existem outros sítios arqueológicos dentro do território indígena. Todos devem ser cadastrados no Cadastro Nacional de Sítios Arqueológicos (CNSA) do Iphan, para devida proteção e preservação. A busca por novos locais será realizada pelo Iphan em parceria com os indígenas.

Comunicar erro

Comentários