Moraes nega pedido de PL para anulação de parte dos votos e multa partido em R$ 22 milhões por "má-fé"

Por Redação em 23/11/2022 às 20:58:08

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, negou na noite desta quarta-feira, 23, o pedido realizado pelo Partido Liberal (PL) de revisão de quase 300 mil urnas eletrônicas no segundo turno das eleições presidenciais e condenou a legenda ao pagamento de multa de R$ 22 milhões por “litigância de má-fé”.

*Mais informações em instantes

Fonte: Jovem Pan

Comunicar erro

Comentários