Covid-19: Vacinação em crianças de 6 meses a 2 anos com comorbidades começa hoje em Maceió

Por Cadaminuto em 21/11/2022 às 09:46:14

Vacinação para crianças / Foto: Assessoria

A partir desta segunda-feira (21), a Prefeitura de Maceió inicia a vacinação contra a Covid-19 com o uso do Pfizer em crianças com comorbidades de 6 meses a 2 anos de idade (2 anos, 11 meses e 29 dias). A medida segue a recomendação do Ministério da Saúde (MS), por meio do Programa Nacional de Imunizações (PNI), e foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

De acordo com nota técnica do Ministério da Saúde, a vacinação deste público será feita de forma gradual. Inicialmente, o imunizante será destinado apenas para crianças com comorbidades. Ainda segundo o MS, não há mais recomendação de intervalo entre as vacinas Covid-19 e as demais vacinas do Calendário Nacional de Vacinação em crianças a partir de 6 meses de idade.

"O imunizante estará disponível em três Unidades de Referência e o esquema de vacinação primário será composto de três doses em que as duas doses iniciais devem ser administradas com quatro semanas (28 dias) de intervalo, seguidas por uma terceira dose administrada pelo menos oito semanas (56 dias) após a segunda dose", explica Eunice Amorim, Gerente de Imunização de Maceió.

A Gerente de Imunização também destaca em que situações a vacina deve ser adiada. "Diante de doenças agudas febris moderadas ou graves, recomenda-se o adiamento da vacinação até a resolução do quadro com o intuito de não se atribuir à vacina as manifestações da doença", completa Eunice Amorim.

Nas pessoas com quadro sugestivo de COVID-19 em atividade, a vacinação deve ser adiada até a recuperação clínica total e, pelo menos, quatro semanas após o início dos sintomas ou quatro semanas a partir da primeira amostra de PCR ou teste antigênico positiva em pessoas assintomáticas.

Documentação para vacinação pediátrica

Para vacinar o público de 6 meses a 2 anos, é necessário que as crianças estejam acompanhadas dos pais. Caso a criança esteja acompanhada de outro responsável é necessário o preenchimento do Termo de Assentimento para Vacinação Infantil + cópia do documento de identificação do pai ou mãe, o qual ficará retido no ato da vacinação.

Os responsáveis devem apresentar o próprio documento de identificação com foto e documentação da criança, que deve ser RG ou Certidão de Nascimento, Caderneta de Vacinação e CPF ou Cartão SUS. Além disso, devem apresentar a prescrição médica especificando a condição de comorbidade conforme descrição abaixo informada pelo Ministério da Saúde. O comprovante da comorbidade também fica retido no ponto de vacinação.

- Diabetes mellitus;

- Indivíduos com pneumopatias graves;

- Hipertensão Arterial Resistente (HAR);

- Hipertensão arterial estágio 3;

- Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo;

- Insuficiência cardíaca (IC);

- Doenças cardiovasculares;

- Doenças neurológicas crônicas;

- Doença renal crônica;

- Imunocomprometidos;

- Hemoglobinopatias graves;

- Obesidade mórbida;

- Síndrome de Down;

- Cirrose hepática.

Unidades de Saúde que atenderão crianças de 6 meses a 2 anos de idade:

- II Centro de Saúde (Praça da Maravilha, Poço) – segunda a sexta, das 9h às 16h30

- José Tenório (Serraria) - segunda a sexta, das 8h às 20h30

- Tereza Barbosa (Eustáquio Gomes) - segunda a sexta, das 8h às 20h30

*com Ascom SMS

Comunicar erro

Comentários