Zelensky pede que mundo não tema ameaças russas e diz que Putin será forçado a acabar com a guerra

Por Gustavo em 21/09/2022 às 20:47:43

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, pediu ao mundo para que não tenha medo das ameaças da Rússia e frisou que o presidente Vladimir Putin será forçado a acabar com a guerra. A declaração foi feita no início da noite desta quarta-feira, 21, durante discurso online na 77ª Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). “A Rússia quer a guerra, mas eles não podem parar o curso da história. A humanidade e a lei internacional são mais fortes do que um estado terrorista. A Rússia será forçada a acabar com essa guerra. A guerra que ela própria começou. Um acordo pode acontecer de forma diferente do que a proposta da Ucrânia. Um em que todos do mundo concordem em sentar a mesa para negociação. Se minhas palavras forem seguidas por atos de terrorismo e mísseis, isso só vai provar a fraqueza da Rússia. Por fim, quero agradecer aos 101 países que votaram para que o meu vídeo fosse apresentado. Um voto não só pelo formato, mas sim pelos princípios. Somente sete países votaram contra: Bielorrússia, Coreia do Norte, Cuba, Eritreia, Nicarágua, Rússia e Síria. Sete países que têm medo de um vídeo. Sete que respondem a princípios com o botão vermelho. Somente sete. Cento e um contra sete”, afirmou.

Zelensky também aproveitou para reforçar o pedido por armas e sistema de defesa, além de ajuda financeira, para recuperar os territórios ocupados pela Rússia. “É preciso proteger os cidadãos e liberar os territórios. Se for necessário ajuda financeira isso deve ser oferecido. Se for necessária com inteligencia de dados deve ser feito. Devemos retornar nossa bandeira para o nosso território. Para nós essa é uma guerra pela vida. Precisamos de defesa e armas para liberar nossa terra, sistema de defesa, principalmente aéreo, e ajuda financeira para cumprir nossas ações sociais com a população”, concluiu.

Fonte: Jovem Pan

Comunicar erro

Comentários