Carta aberta ao presidente Bolsonaro, por Robert Manso

Por Redação em 07/09/2022 às 09:59:46

Hoje é uma data que destaca a importância da marca indelével e incontestável, a justa homenagem à Independência do Brasil.

O sentimento inefável e nativista retempera a esperança, retendo do agir denodadamente e destaca o ressarcimento elencado neste grito fantástico em uma só voz, clama liberdade.

Hoje nas ruas, nos mais longínquos e inacessíveis locais desta nação, expressa, reitera tempestivamente nossa liberdade. Que seja devolvida definitivamente.

Hoje, apesar de haver acontecido a abolição, somos escravizados de porteira aberta, vivendo, trabalhando incansavelmente só para pagar impostos altíssimos para sustentar a vaidade e a luxúria da inoperância.

O "Bem Comum " já não existe. Surge a vontade e esperança de resgatar nossa liberdade de expressão. Sou apenas um Brasileiro, grão de areia neste mar. Rogo ao chefe maior da nação, crivado em breve retrospectiva fática, abnegadamente, resiliente e empático. Sufocados já não aguentamos mais. Afirmo: Este é meu Habeas Corpus.

Maceió/Alagoas, 07 de Setembro de 2022. Bel. Robert Manso

Comunicar erro

Comentários