OPERAÇÃO CUMPRE MANDADOS EM AL E OUTROS ESTADOS; MÉDICO BENEFICIAVA AMIGOS E PARENTES COM ATESTADOS FALSOS

Por Já é Notícia em 18/08/2022 às 11:10:43

TV Globo

Uma operação deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta quinta-feira (18), cumpre mandados em Alagoas, na Bahia, em Goiás e no Distrito Federal. O objetivo é desarticular uma organização criminosa que atua em fraudes contra a Previdência Social.

Ao todo estão sendo cumpridos 22 mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva no Distrito Federal. As investigações da Operação Trickster apontam que um médico perito federal e o ex-sócio dele, preso na ação policial, inseriram informações e atestados falsos nos sistemas do INSS.

A intenção da dupla era conseguir beneficiar familiares, eles mesmos e outras pessoas próximas. Em sua maioria, os benefícios eram de auxílio-doença, onde eram concedidos períodos longos de afastamento.

O médico teve mais de R$ 1 milhão bloqueados pela Justiça. O valor será usado para recuperar o prejuízo gerado aos cofres públicos. A PF pontuou que também foi determinada a "suspensão da função pública, sequestro de bens, proibição de sair do país, pagamento de fiança no valor de R$150 mil ou uso de monitoramento eletrônico".

Os envolvidos devem responder pelos crimes de associação criminosa, falsidade documental, uso de documento falso, inserção de dados falsos em sistemas de informação, estelionato previdenciário e corrupção ativa e passiva.

Comunicar erro

Comentários