'Fórmulas para emagrecer não existem': entidades condenam shakes, chás e ervas usados para perder quilos

Por Gazetaweb em 10/03/2022 às 10:19:11



Não existe uma fórmula mágica para emagrecer. Muito pelo contrário. Shakes para emagrecimento, chás combinados e ervas podem até danificar o nosso organismo. É o que dizem especialistas e entidades ouvidos pelo g1.


Exames divulgados na segunda-feira (7) apontam que a cantora Paulinha Abelha teve o fígado lesionado por substâncias para emagrecer, para dormir, ficar alerta e ganhar definição muscular. Ela tinha 43 anos.

"O próprio nome 'fórmula' já remete a mistura de ingredientes e quando se mistura ingredientes, o risco de efeitos colaterais e contaminação é bem maior", alerta Clayton Macedo, médico endocrinologista da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO).

"Não, e não se deve falar em fórmulas para emagrecer e sim em tratamento para obesidade - a pandemia deste milênio, conforme declaração da Organização Mundial da Saúde (OMS), de uma doença crônica séria, grave e associada com várias comorbidades e redução da expectativa de vida", completa o endocrinologista Cesar Boguszewski, presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM).


Os riscos das substâncias 'naturais'


Muitas substâncias ditas "naturais" e vendidas na internet podem apresentar muitos riscos à saúde, levando até a óbito.

"Muitos produtos comercializados na internet podem conter outras substâncias na sua composição, além das listadas na propaganda, pois não há qualquer controle sobre sua produção, manipulação e comercialização, constituindo um sério problema de saúde pública e um grave risco para a saúde da população", alerta o presidente da SBEM.


Maria Isabel Schinoni, professora associada de Bioquímica Médica da Universidade Federal da Bahia e médica do serviço de gastro-hepatologia e do núcleo de Hepatologia do Hospital Universitário Professor Edgard Santos da Universidade Federal da Bahia, explica que diversas ervas podem atacar o nosso fígado. Ela cita algumas:


Chá verde (quando consumido em altas doses)


Garcinia cambogia


Erva cavalinha


Chá de tapete de Oxalá


Sena


Cáscara Sagrada


Valeriana


Espinheiro Santa


Composto 50 ervas


"Quanto mais compostos fitoterápicos ou medicamentos se ingerem juntos, mais possibilidade de lesar o fígado e outros órgãos, como o rim", explica Schinoni.



Comunicar erro

Comentários