Dólar
Euro
Dólar
Euro
Dólar
Euro

Policia

Saiba quem são os policiais que salvaram bebê de oito meses que estava engasgado

Bebê foi salvo por policiais da 3ª Companhia de Polícia Militar Independente | Divulgação / Polícia Militar de Alagoas
Bebê foi salvo por policiais da 3ª Companhia de Polícia Militar Independente | Divulgação / Polícia Militar de Alagoas

Três policiais da 3ª Companhia de Polícia Militar Independente (CPM/I) salvaram um bebê de apenas oito meses de idade, na manhã desta sexta-feira, 7, em Capela, no interior de Alagoas. O neném estava engasgado e foi socorrido graças ao socorro do 2º sargento Luiz Albuquerque, do cabo Valdir de Sousa e do soldado Eduardo Jorge.

Os militares estavam patrulhando pelo Centro da cidade, quando foram abordados por um cidadão com a informação de que sua sobrinha estava engasgada e precisava de ajuda. A viatura foi ao local indicado e encontrou a mãe com o bebê já sufocando.

O comandante da guarnição, o 2º sargento Albuquerque, realizou a manobra de Heimlich e conseguiu fazer a vítima expelir o líquido que estava provocando o sufocamento. Mesmo com o êxito no salvamento, o policial militar orientou a mãe a levar a criança para o atendimento médico para a avaliação completa de sua saúde.


Cabo Valdir (esquerda), 2º sargento Albuquerque (centro) e o soldado Jorge (Foto: Divulgação / Polícia Militar)

Jordany Barros, mãe da criança, relatou que mesmo sabendo realizar a manobra de Heimlich não estava tendo sucesso, por conta do nervosismo. Por isso, pediu ajuda a seu irmão, que encontrou a viatura policial no caminho e buscou ajuda.

"Foi um momento desesperador. O medo de perder a minha filha era muito grande. Graças a Deus os policiais nos ajudaram e salvaram a vida da minha bebê", agradeceu a mãe.

Para o 2° sargento Luiz Albuquerque, comandante da guarnição RP 02, a eficácia da ação se deu ao treinamento e experiência que os anos de serviço na PM proporcionaram. O militar também destacou a emoção do momento.

"O alívio foi palpável, como uma onda que se espalhou por todos os presentes. A mãe correu para abraçar sua filha com lágrimas de alívio e gratidão. Foi grande a emoção daquele momento, pois a vida de uma criança foi salva", lembrou o militar em fala reproduzida pelo site da PM.

Engasgo na primeira infância - Segundo o Ministério da Saúde, em 2022, mais de 94% dos casos de asfixia por engasgo ocorreram em crianças menores de sete anos. Uma técnica de primeiros socorros utilizada neste tipo de acidente é a manobra de Heimlich, que é fundamental nas situações de engasgo com obstrução das vias aéreas e que pode ser feita por qualquer pessoa treinada, independentemente de ser ou não um profissional de saúde.

Comentários

Leia estas Notícias

Acesse sua conta
ou cadastre-se grátis