Após 10 anos, homem é recapturado acusado de estuprar a enteada em Chã Preta

A prisão dá continuidade às ações do Maio Laranja, mês dedicado à conscientização e combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes. | Foto: Reprodução

A prisão dá continuidade às ações do Maio Laranja, mês dedicado à conscientização e combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes. | Foto: Reprodução

Um homem foi preso nessa quinta-feira (16) acusado de estuprar a própria enteada no município de Chã Preta, no interior de Alagoas. O crime ocorreu em 2014, quando a vítima tinha apenas 10 anos.

O preso, que tem 35 anos, já foi condenado pelo crime de estupro de vulnerável e estava foragido.

"O agressor molestava a enteada frequentemente quando a mãe da criança não estava em casa, chegando a ameaçá-la para que não contasse a ninguém sobre os abusos", informou a Polícia Civil (PC).

O mandado de prisão foi cumprido por agentes da 9ª Delegacia Regional de Polícia (9ª DRP) de Viçosa, coordenada pelo delegado Fernando Lustosa.

"Esse trabalho cumpre determinações expressas para que nenhum agressor sexual permaneça impune no Estado de Alagoas", afirmou a autoridade policial, reforçando o compromisso com a proteção dos mais vulneráveis.

A prisão dá continuidade às ações do Maio Laranja, mês dedicado à conscientização e combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes.