08/08/2020 às 09h42min - Atualizada em 08/08/2020 às 09h42min

​BPTran declara guerra às aglomerações nas lojas de conveniência

Iracema Ferro
O decreto de distanciamento social, tanto o do governo de Alagoas quanto o da prefeitura de Maceió, são bem claros: as aglomerações estão proibidas e os estabelecimentos autorizados para funcionar, como bares e restaurantes, devem fechar à meia-noite. Tentando burlar as regras do isolamento social, muitos maceioenses estão indo atrás da ‘saideira’ nas lojas de conveniência dos postos de combustíveis.
O comandante do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), tenente-coronel Felipe Lins, alerta que as guarnições estão nas ruas para coibir esse tipo de prática. “Estamos nas ruas fazendo cumprir o decreto que proíbe, entre outras coisas, as aglomerações. Os jovens se empolgam, ficam aglomerados bebendo, com som alto, incomodando a vizinhança e ainda colocando as próprias vidas e das outras pessoas (inclusive seus familiares) em risco”, defende.
Na madrugada deste sábado (8), com o apoio de militares do 1º Batalhão e da Radiopatrulha, o BPTran percorreu as lojas de conveniência ‘mais badaladas’ da capital, realizou revistas pessoais e veiculares, desligou os equipamentos de som e dispersou as aglomerações.
“O momento é de cuidado, estamos numa pandemia. Se quiser ‘esticar a balada’, compre sua bebida e consuma em casa”, recomenda. "Vamos continuar fazendo operações deste tipo em locais e dias diversos", completa.

Agora, quem costuma de aglomerar nas lojas de conveniência dos postos de combustíveis já sabe: a PM pode chegar a qualquer hora e acabar com a "reunião".

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »