CSA vive crise política em meio a luta contra o rebaixamento

Azulão tenta se ajustar em meio a conflitos internos

Por Henrique Dias em 23/09/2022 às 14:36:14

Rafael Tenório e Omar Coelho - Foto: Morgana Oliveira/ASCOM CSA

O CSA vive um momento político agitado. Rafael Tenório, presidente do Conselho Deliberativo, falou nesta semana em uma entrevista que "quase não tem mais nenhuma relação" com Omar Coêlho, presidente executivo, e que quer até divulgar áudios que esclarecerão a desavença após o desfecho da Série B do Campeonato Brasileiro.

A fala do presidente repercutiu bastante e deixou os torcedores do Azulão preocupados, pois Tenório tem participado das ações que foram feitas ultimamente para tentar livrar o clube do rebaixamento.

Raimundo Tavares, diretor de futebol do clube, falou sobre os bastidores do CSA. Ele tem buscado amenizar os problemas entre os poderes comandados por Omar e Rafael.

- A gente lamenta esse tipo de coisa (desunião entre os presidentes), ainda mais nesse momento complicado que o time está passando na competição e precisando do apoio, da união, do comprometimento de todos, cada um fazendo a sua parte - disse Tavares, e mandou um recado para o torcedor.

- Porém, asseguro ao torcedor que pode ficar tranquilo porque esse desentendimento é algo pessoal e não tem afetado o ambiente do grupo, da comissão técnica e dos funcionários. Todos aqui estamos trabalhando incansavelmente no dia a dia para tirar o CSA dessa situação incômoda o mais rápido possível - finalizou.

Fonte: 7segundos

Comunicar erro

Comentários