Prédios exclusivos em áreas nobres são alvos de disputa

Por Henrique Dias em 19/08/2022 às 01:30:59

Com pouquíssimas unidades em endereços privilegiados, estes residenciais únicos chegam a ter fila de espera. Valorização durante a obra pode chegar a 40% Imóveis de luxo, projetados para quem busca conforto, sofisticação e exclusividade. Na Zona Sul do Rio de Janeiro, essas características não são meras retóricas de marketing. Prédios-boutique, erguidos em localizações únicas, garantem a sonhada exclusividade não só pela escassez de endereços aprazíveis e disponíveis para construção, mas também pelo número limitado de unidades.

A linha boutique, com empreendimentos em cenários de cartão-postal integrados ao entorno, é marca registrada da Mozak. E o Arbô, em Ipanema, com apenas três apartamentos de três suítes, localizado em uma rua arborizada entre o mar e a Lagoa, é a maior representação desse conceito.

“O Arbô está muito alinhado ao propósito da empresa. O local nos permitiu desenvolver um produto com planta e personalização inexistentes na região”, diz a coordenadora de Marketing da construtora, Maria Carolina de Almeida. Segundo ela, há fila de espera para produtos similares, que, historicamente, costumam ter valorização de 20% a 40% ao longo da obra.

Num dos bairros mais desejados da cidade, a D2J Construtora está lançando o Five Lagoa Premium, com apenas cinco unidades e adega exclusiva para cada apartamento. “As poucas unidades tornam esses residenciais mais disputados, e isso agrega valor. O empreendimento é concluído em pouco tempo, o esforço de venda é menor, e a comercialização, mais rápida”, elenca o diretor da construtora, Daniel Afonso.

No quadrilátero mais charmoso de Ipanema, a Piimo Empreendimento Imobiliários está lançando o Nascimento 245, com toda a sofisticação que o endereço pede. O residencial também tem apenas cinco unidades (uma por andar mais a cobertura duplex) com quatro suítes cada uma. “É raro encontrar um terreno nessa região, ainda mais para um projeto de cinco pavimentos exclusivos. O empreendimento tem conceito contemporâneo e sofisticação, diferenciais que nossos clientes buscam”, afirma o diretor-presidente da incorporadora, Marcos Saceanu.

A Lagoa é endereço também do Lineu 708, que terá somente 13 unidades. O empreendimento é fruto de parceria entre o Opportunity Imobiliário e a Performance Empreendimentos e tem no projeto detalhes para atender aos desejos de quem busca exclusividade. Destacam-se os dois apartamentos up gardens com terraço exclusivo e a cobertura linear, todos com quatro suítes. Segundo o COO da Performance, Renato Leite, o empreendimento está alinhado às principais tendências de tecnologia, sustentabilidade, lazer e estilo.

A fachada do Lineu 708, na Lagoa, e a vista para o Cristo Redentor

Performance/Divulgação

“O Lineu contempla tudo o que alguém pode cogitar no imóvel dos sonhos. A fachada é uma obra de arte que valoriza ainda mais a avenida, e a vista para o espelho d"água da lagoa é uma das mais encantadoras do Rio”, descreve.

Depois da disputada Zona Sul, o Jardim Oceânico, na Barra, aparece como o mais desejado por clientes de alto padrão e também abriga projetos com elevado grau de exclusividade. O Dezoitto, da Itten Incorporadora, com apenas 13 unidades, é um deles.

Localizado a 200 metros da praia, o residencial tem apartamentos-tipo e coberturas lineares, além de comodidades como boxes privativos no térreo. “Vamos entregar todos os imóveis com preparação para varanda gourmet, ambiente que se tornou indispensável depois da experiência do isolamento social”, ressalta o diretor da Itten, Eduardo Cruz.

Fonte: Valor Invest

Tags:   Valor
Comunicar erro

Comentários