Zelensky afirma que "apenas a diplomacia" encerrará guerra na Ucrânia

Por Henrique Dias em 21/05/2022 às 18:40:37

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse que a guerra contra a Rússia só poderá ser resolvida através da diplomacia. Em entrevista a um canal e televisão ucraniano, Zelensky disse que o confronto será “sangrento”, mas que tudo terminará por vias diplomáticas. “(A guerra) Será sangrenta, haverá combates, mas terminará, com certeza, por meio da diplomacia”, afirmou. “As discussões entre Ucrânia e Rússia com certeza vão acontecer. Não sei sob qual formato: com intermediários, sem eles, em um círculo ampliado, ou em nível presidencial”, continuou. Além disso, Zelensky agradeceu um novo pacote de ajuda de US$ 40 bilhões dos Estados Unidos para a Ucrânia. “Estamos ansiosos por essa nova e importante ajuda. Ela é necessária agora mais do que nunca”, escreveu Zelensky nas redes sociais.

Neste sábado, o Ministério da Defesa russo disse ter destruído um “grande carregamento de armas e equipamentos militares fornecidos por Estados Unidos e países europeus perto da estação ferroviária de Malin”, localizada a 100 km de Kiev. O Ministério das Relações Exteriores da Rússia, por sua vez, publicou uma lista com 963 personalidades dos Estados Unidos que estão proibidas de entrar no território americano. Dentre elas está o presidente Joe Biden e empresários como Mark Zuckerberg, presidente da Meta. O país está em guerra com a Rússia desde 24 de fevereiro, quando, após ordem de Putin, teve seu território invadido pelas forças russas.

*Com informações da AFP

Fonte: Jovem Pan

Comunicar erro
Cria

Comentários

Estradas