26/06/2020 às 11h02min - Atualizada em 26/06/2020 às 11h02min

Pai e filho morrem durante troca de tiros com policiais

Vítimas balearam um policial civil que tentava entregar uma intimação

Redação
Corpos de pai e filho foram levados para o IML
Uma intensa troca de tiros entre equipes da Polícia Civil (PC) e militares do Pelotão de Operações Especiais (PELOPES) resultou na morte de dois homens. O fato foi registrado na tarde da quinta-feira (25), no Povoado Três Açeiros, Zona Rural de Ouro Branco, no Sertão de Alagoas.

Contam os policiais que pela manhã um morador do Povoado procurou a Delegacia da PC para denunciar que foi ameaçado de morte pelos vizinhos, identificados como Cícero Ferreira da Silva, 50, e o filho dele, Silvano Pereira da Silva, 32. À tarde, dois policiais civis foram até a casa dos acusados alegando que precisavam entregar uma intimação para pai e filho comparecerem a Delegacia. E foi a tentativa de entregar a intimação que resultou num primeiro confronto.

Ainda conforme a versão dos policiais, os acusados teriam se recusado a receber o documento e durante uma discussão com os policiais os suspeitos teriam atirado e atingido o policial civil Gustavo Diógenes Nogueira.

Enquanto a vítima era socorrida, o outro policial pediu ajuda ao PELOPES, que cercou a casa onde estavam os atirados, que se recusavam a se entregar. Em meio a discussão os policiais descobriram que dentro da casa havia uma mulher, que teria sido usada como ‘escudo humano’ pelos atiradores, que ficaram escondidos dentro de um dos quartos do imóvel, atirando por uma janela.

Após horas de negociação, os policiais conseguiram entrar na casa sem serem notados, conseguindo resgatar a mulher. Dentro da casa os policiais retomaram as negociações, mas teriam sido surpreendidos pelos acusados que voltaram a atirar, sendo baleados e morrendo durante o revide.   
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »