25/06/2020 às 10h46min - Atualizada em 25/06/2020 às 10h46min

Casal suspeito na morte de funcionário da Santa Casa de Maceió é preso em Fortaleza

Redação
Rhuan Miguel foi morto a poucos metros do hospital onde trabalhava

A direção da Polícia Civil (PC) ainda não confirmou a data da chegada a Maceió do casal preso suspeito de planejar e executar o cantor Rhuan Miguel dos Santos Vieira, 24, morto a tiros na noite do último dia 22 de maio em um dos trechos da Rua Santos Pacheco, no Centro de Maceió. Rhuan foi executado instantes após parar o carro que dirigia. Ele se destinava a Santa Casa de Misericórdia, onde trabalhava.

O homem, de 27 anos, foi preso por equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil de Alagoas e do Departamento de Polícia Metropolitana da PC do Ceará. Ele foi flagrado na rodoviária de Fortaleza. Já na cidade de Tauá, interior do Ceará, os policiais localizaram e prenderam a companheira dele. A jovem tem 24 nos. O casal vinha providenciando a emissão de passaportes com planos de fuga para a Espanha, onde a mãe da mulher presa reside.

As investigações indicam que o homem preso guiava a motocicleta que deu fuga ao matador, que foi preso em Maceió no último dia 17. Sobre a participação da mulher presa, ainda não se tem detalhes da participação dela no homicídio.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »