19/01/2022 (82) 98122-3473

Mundo

Governo 01

Supermercados dos EUA enfrentam desabastecimento após avanço da "micron

Por Henrique Dias 15/01/2022 às 07:47:03

O avanço da variante Ômicron do coronavírus está prejudicando o abastecimento de supermercados dos Estados Unidos. Por causa da nova cepa, que é mais transmissível, muitos funcionários das redes de lojas estão afastados, o que leva ao problema na cadeia de abastecimento. “Não encontrei tudo o que vim comprar. Algumas prateleiras estavam vazias, queria algumas coisas para limpar, mas não havia nada”, disse Anne, uma moradora Washington DC, à EFE. No supermercado não tinham alimentos na seção de frutas e legumes, carne bovina ou de frango ou produtos de limpeza. Entretanto, não é a primeira vez que as prateleiras ficam vazias nos hipermercados norte-americanos. No início da pandemia, em março de 2020, houve escassez de papel higiênico, massa, farinha e outros produtos.

“[A Ômicron] está atingindo todos os Estados Unidos ao mesmo tempo, por isso as mercearias e os produtores de alimentos estão lidando com funcionários que adoecem ou pedem para serem colocados em quarentena”, disse Patrick Penfield, professor de Práticas da Cadeia de Abastecimento da Universidade de Syracuse. A estimativa do especialista é que a situação de desabastecimento em alguns supermercados dure “provavelmente dois meses”.

*Com EFE

Fonte: Jovem Pan

Comunicar erro
Comentários