Indonésia inicia vacinação contra Covid-19 com a CoronaVac

Indonésia inicia vacinação contra Covid-19 com a CoronaVac

A Indonésia iniciou a sua campanha de vacinação contra a Covid-19 nesta quarta-feira, 13, ao aplicar a primeira dose da CoronaVac no presidente Joko Widodo. O ato foi transmitido ao vivo do Palácio Presidencial de Jacarta para aumentar a confiança da população no imunizante. Logo em seguida, também foram vacinados um ministro, o chefe da Polícia, o chefe do Exército e o diretor da Associação Médica da Indonésia, entre outras autoridades federais. Todas essas pessoas possuem menos de 59 anos de idade, já que o país pretende aguardar mais informações sobre a eficácia da vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac antes de aplicá-la em idosos.

Três milhões de doses da CoronaVac já começaram a ser distribuídas entre as 6.000 ilhas habitadas do arquipélago, um desafio logístico devido à pouca capacidade de armazenamento do país. Na campanha destinada à população em geral, a prioridade serão os profissionais da saúde e os servidores públicos. Só em abril, quando é esperada a chegada dos imunizantes da PfizerBioNTech e da AstraZeneca, será iniciada a vacinação dos idosos. Quarto país mais populoso do mundo, com cerca de 270 milhões de habitantes, a Indonésia espera completar a inoculação de dois terços de sua população até março de 2022.

A Indonésia foi o primeiro país a autorizar o uso da vacina da Sinovac, que segundo testes clínicos realizados ali, tem demonstrado eficácia de 65,3%. Igualmente importante foi sua certificação pelas autoridades religiosas da Indonésia como sendo “halal”, ou seja, adequada para uso entre os muçulmanos. Atualmente, o território indonésio é o mais afetado pela pandemia do novo coronavírus no Sudeste Asiático, com 840 mil casos da Covid-19 acumulados, incluindo 24,5 mil mortes.

*Com informações da EFE