13/06/2020 às 14h46min - Atualizada em 13/06/2020 às 14h46min

Atos antirracismo e de extrema-direita ocorrem em Londres

Cidade registra ao menos dois protestos distintos na manhã deste sábado (13); polícia separou trajetos para evitar tumultos

Da CNN, em São Paulo
https://www.cnnbrasil.com.br

Dezenas de pessoas foram às ruas de Londres, na manhã deste sábado (13), em mais um dia de protestos na cidade inglesa. Manifestantes em apoio ao movimento Vidas Negras Importam (Black Lives Matter) se reuniram no Hyde Park e planejavam andar até uma praça no centro da cidade.

Um outro grupo, esse de extrema-direita, também protesta em Londres, mas se concentrou perto do parlamento britânico. Para garantir a segurança e evitar que grupos antagônicos se encontrem, a polícia de Londres implementou várias condições que restrigem o trajeto dos atos.

A reportagem da CNN acompanha, ao vivo, as manifestações pelas ruas de Londres.

Grupos de manifestantes antirracistas, reunidos próximo à Ponte de Westminster, forçaram a barreira montada pela polícia, para tentar acesso aos participantes do ato da extrema-direita. 

A reportagem de CNN apurou que pessoas do movimento da extrema-direita também invadiram parte da Trafalgar Square, local determinado pela polícia para os grupos associados ao Black Lives Matter.

Cerca de 100 pessoas de cada lado entraram em um leve confronto, rapidamente controlado.

Na semana passada, alguns protestos foram registrados e terminaram em tumulto após a derrubada da estátua de um comerciante de escravos.

Ao longo dessa semana, apoiadores de extrema-direita marcaram, pelas redes sociais, o encontro neste sábado. Segundo eles, o objetivo da reunião é fazer a proteção desses monumentos, que novamente podem ser alvos dos protestantes antirracismo.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »