23/09/2021 (82) 98122-3473

Esportes

Messi chora em adeus ao Barcelona: "Não é como tinha pensado"

Por Terra 08/08/2021 às 11:33:00

Albert Gea

O craque argentino Lionel Messi deu uma entrevista neste domingo (8) e confirmou sua saída do Barcelona após 21 anos. Em lágrimas, o jogador revelou que estava sendo difícil dar adeus e que não estava preparado para a despedida.

"A verdade é que é difícil, muito difícil para mim dizer adeus depois de tantos anos, depois que eu passei toda a minha vida aqui, não estava pronto para isso. E, honestamente, não é como eu tinha pensado", disse aos jornalistas no Camp Nou, em uma sala com todos os troféus que ele conquistou pelo time.

"Não sei se vou conseguir falar. Nos últimos dias estive pensando e me perguntando o que poderia dizer. Eu estava bloqueado, ainda estou agora. No ano passado, quando estourou a bagunça do burofax, eu sabia o que tinha a dizer, mas não este ano. Estávamos convencidos de que íamos continuar aqui, em casa, era o que o que mais queríamos, sobretudo pela vida que nós tínhamos em Barcelona", disse visivelmente comovido.

Lembrando que teve "momentos muito bons e outros ruins", Messi pediu desculpa mais de uma vez por sua emoção e disse que não estava conseguindo falar muitas coisas e agradecer a todos que o ajudaram.

"Esse é um apenas um até mais, eu prometi isso também aos meus filhos. Nunca imaginei esse adeus ao Barcelona, não sabia que seria dessa maneira. Queria ter deixado em campo para ter uma última celebração com os torcedores. Eles me fizeram muita falta durante a pandemia (covid-19). Queria tê-los por perto para festejar meus gols e estou saindo desse clube sem vê-los. Eu queria um estádio cheio, mas foi assim e agradeço a todos pelo afeto dos últimos anos", acrescentou.

Apesar de não estarem presentes no estádio, centenas de torcedores se reuniram nas ruas próximas ao Camp Nou para dar um último adeus ao craque argentino.

Messi ainda confirmou a versão do presidente do clube, Joan Laporta, de que a renovação não foi possível por conta das novas regras financeiras implementadas pela La Liga (Campeonato Espanhol). "Laporta já explicou e tudo realmente estava resolvido, mas por causa da questão da La Liga, nada pode ser feito. Não há nada mais do que isso. Tínhamos tudo combinado e não poderia ser feito", lamentou.

Quando questionado se o seu destino agora será o Paris Saint-Germain (PSG), Messi disse que o clube é sim "uma possibilidade", mas que depois do anúncio do Barcelona, "muitos clubes vieram atrás de informações". "No momento, não há nada fechado e estamos ainda conversando", pontuou.

Um dos maiores jogadores da história, Lionel Messi estava no clube catalão desde a adolescência. Ao todo, ele fez 672 gols em 778 jogos em 17 temporadas, conquistando quatro Liga dos Campeões, três Mundiais da Fifa e 10 Campeonatos Espanhóis, entre outros títulos.

Foi pelo Barcelona que Messi ainda foi eleito por seis vezes como o melhor jogador do mundo.

Comunicar erro
Comentários