28/07/2021 (82) 98122-3473

Economia

Parlamentar está entre as mais de 400 pessoas do Reino Unido na lista do software espião

Por Henrique Dias 21/07/2021 às 16:49:19
Principal responsável pela inclusão dos números de telefone celular na lista do spyware Pegasus seriam os Emirados Árabes, diz jornal Uma integrante da Câmara Alta do Parlamento britânico, Manzila Pola Uddin, está entre as mais de 400 pessoas do Reino Unido cujos números de telefone celular aparecem em uma lista vazada de supostos alvos do programa espião Pegasus entre 2017 e 2019, segundo o jornal britânico The Guardian.

Parlamentar do Reino Unido Manzila Pola Uddin

Reprodução/Twittet/BaronessUddin

O Pegasus é um programa do tipo spyware, desenvolvido pelo grupo israelense NSO, que potencialmente viola o sigilo dos sistemas nos quais se instala.

O principal responsável pela inclusão dos números do Reino Unido na lista parece ser os Emirados Árabes Unidos, de acordo com a análise dos dados revelada por “The Guardian” - integrante do consórcio de veículos de mídia que investiga o caso Pegasus.

A NSO nega que o programa tenha sido usado para fins ilícitos.

Além da parlamentar, a lista traz jornalistas, acadêmicos e personalidades empresariais do Reino Unido. Os Emirados Árabes Unidos são um dos 40 Estados clientes do sistema da NSO.

Presidentes da França, Iraque e África do Sul estariam na lista do software espião, dizem jornais

Escândalo de espionagem coloca Apple sob pressão

Uso de programas do tipo “spyware” precisa ser mais fiscalizado

Conheça a NSO, empresa de Israel que produz o software de espionagem

Investigação atinge México e Índia e revelou só "ponta do iceberg" do Pegasus

Conheça a empresa israelense por trás do escândalo de espionagem Pegasus

Fonte: Valor Invest

Comunicar erro
Comentários