24/06/2021 (82) 98122-3473

Economia

Alagoas 01

375 mil mortes poderiam ser evitadas, diz Pasternak à CPI da Covid

Por Henrique Dias 11/06/2021 às 15:30:28
Cientistas afirmaram que a adoção de medidas efetivas no combate à pandemia no país poderia ter evitado milhares de mortes Cientistas que participam nesta sexta-feira da CPI da Covid no Senado afirmaram que a adoção de medidas efetivas no combate à pandemia no país poderia ter evitado milhares de mortes no país.

Eles citaram um estudo do professor Pedro Hallal, da Universidade Federal de Pelotas (Ufpel), publicado na revista científica Lancet, que mostra que três de cada quatro mortes teriam sido evitadas se o Brasil estivesse na média mundial de controle da pandemia.

“Ou seja, quando atingirmos 500 mil mortes, isso quer dizer que 375 mil mortes poderiam ter sido evitadas com melhor controle da pandemia”, disse a microbiologista Natalia Pasternak.

O médico sanitarista Claudio Maierovitch fez o mesmo diagnóstico. “Certamente, se nós tivéssemos tido alguns períodos de confinamento, uma boa campanha de comunicação, medidas no campo da economia e no campo social adotadas tempestivamente de forma coordenada, nós teríamos um número de mortes muito menor.”

Natália Pasternak

Pablo Jacob/Agência O Globo

Fonte: Valor Invest

Comunicar erro
Comentários