18/09/2020 às 22h06min - Atualizada em 18/09/2020 às 22h06min

Operação integrada desarticula duas quadrilhas em São Miguel dos Campos

Assessoria

A Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP), por meio das Polícias Civil e Militar, deflagrou nesta sexta-feira (18) uma operação integrada com o objetivo de desarticular duas organizações criminosas que praticavam tráfico de drogas e outros crimes em Maceió, São Miguel dos Campos e municípios vizinhos.

A operação foi denominada Casa de Farinha, pelo fato de um dos principais crimes cometidos pelas organizações criminosas ser o tráfico de cocaína, além do que os criminosos adicionavam farinha à droga em questão para aumentar o volume na hora da comercialização.

As investigações, sob coordenação da Secretaria da Segurança Pública, foram capitaneadas pela Divisão Especial de Investigações e Capturas (DEIC), dirigida pelo delegado Gustavo Henrique, em parceria com a 1ª Companhia Independente, e tiveram início no dia 22 de fevereiro.

Durante o monitoramento, ficou constatada a existência de duas organizações criminosas na região, que eram comandadas por dois indivíduos que já se encontram recolhidos no sistema prisional alagoano. Apesar de já estarem cumprindo pena por envolvimento com crimes, eles seguiam coordenando as ações delitivas dos grupos criminosos em questão.

Com base nas provas técnicas colhidas, a DEIC fez a representação e a 17ª Vara Criminal da Capital expediu 33 mandados, sendo 18 de prisão e 15 de busca e apreensão. Até o momento, 12 pessoas já foram presas.

Os mandados foram cumpridos nesta manhã por equipes do Tático Integrado de Grupos de Resgate Especiais (TIGRE), Seção de Capturas e Núcleo de Inteligência da DEIC, além da Asfixia e da Delegacia Regional de São Miguel dos Campos, da Polícia Civil. Já a Polícia Militar empregou policiais do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), Batalhão de Radiopatrulha (BPRp), Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), Batalhão Rodoviário (BPRv), 1ª e 4ª Companhias Independente. O Grupamento Aéreo também participou da operação.

Os presos serão encaminhados para a sede da DEIC, no bairro da Santa Amélia, em Maceió, para a realização dos procedimentos legais cabíveis.

A população pode colaborar com o trabalho das forças de segurança de Alagoas de forma anônima e gratuita, enviando informações sobre organizações criminosas e outros crimes, por meio do Disque Denúncia. As informações podem ser repassadas pelo aplicativo do Disque Denúncia, ou pelo telefone 181. A ligação é gratuita e o sigilo garantido.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »