28/07/2020 às 18h24min - Atualizada em 28/07/2020 às 18h13min

Dia 26 de julho, foi o dia de comemorar o dia do Detetive Particular

Flávio Fox
Hoje vamos falar um pouco sobre a atividade dos detetives particulares.  Diante do advento da publicação nº 13.432, de 11 de abril de 2017, que “dispõe sobre o exercício da profissão de detetive particular” necessário se faz uma análise das dimensões e limites da atuação  profissional destes na seara da Investigação Criminal.

A Lei determinou a regulamentação da profissão de detetive particular, criando normas a serem observadas para o seu regular exercício, limitando o alcance dessa atuação e fincando os direitos e deveres do também chamado detetive profissional.
Para exercer essa profissão é preciso ter conhecimento técnico, expertise e saber utilizar recursos e meios tecnológicos, considerando que sua função é importante para auxiliar a busca de provas e a resolução de casos que envolvem mistérios e até mesmo crimes.

Os detetives particulares são bastante conhecidos  por atuarem em casos conjugais (ou extra conjugais), mas suas demandas vão muito além disso, podendo atuar em  assuntos de diversos interesses de seus clientes contratantes.

Em um breve levantamento realizado em algumas agências, o salário de um detetive particular gira em torno de R$ 1.500 a R$ 3.000 mensal, podendo variar de acordo com a carga horária e complexidade do caso.

No dia 26 de julho é comemorado o dia do detetive particular, e  aproveitar a oportunidade e parabenizar todos aqueles que desempenham o seu trabalho com amor, dedicação e seriedade. Parabéns guerreiros!
Link
Flavio Fox

Flavio Fox

Policial Civil a 18 Anos, Combatente da criminalidade e responsável pelas confecção de retrato falado dentro do DEIC.

Relacionadas »
Comentários »